Blog Cipasa

Apresentação

Blog Cipasa
  • 4 dicas para que seu lar tenha mais conforto térmico

    Seja em dias quentes ou frios, conforto térmico é uma necessidade de todas as casas, e pequenas mudanças podem trazer melhorias significativas

    Não importa em qual região do Brasil você mora, e qual tipo de clima sua cidade tenha: conforto térmico é uma questão muito importante quando o assunto é qualidade de vida. Desde dias escaldantes no verão, quanto aqueles em que não dá muita vontade de sair da cama no inverno, pensar em soluções térmicas mais eficientes fazem total diferença no nosso dia-a-dia. 

    Embora muito se fale climatização, essa não é a única alternativa quando o assunto é conforto térmico. Além do mais, em um país em que a energia elétrica tem custos altos, não parece sensato apostar só nessa medida. 

    Abaixo reunimos 4 medidas que você pode adotar na sua casa que pode fazer muita diferença. 

    1. Atente-se ao piso. 

    Um passo fundamental na tentativa de fazer com que sua casa tenha mais conforto térmico é pensar no piso. E apesar de materiais como a madeira estarem tomando cada vez mais conta dos lares brasileiros, a cerâmica é, ainda, uma das melhores opções. 

    Por se tratar de um material que não retém calor, ela é uma excelente aposta para um país tropical como o Brasil – e inclusive com regiões em que o frio pode nem ser presente. 

    Mas se você está em uma região onde o frio faz parte da rotina no inverno, a mudança pode ser mais simples: aposte em tapetes pela casa, de preferência com materiais mais isolantes. Assim você consegue manter a casa mais confortável o ano todo, apesar da versatilidade do clima.

    2. Observe a ventilação.

    Parece clichê, mas quanto mais aberta sua casa estiver, menor a possibilidade de sofrer com o calor. Nesse sentido, além de portas e janelas amplas, é importante observar também a disposição dos móveis, para que não bloqueiem a passagem de ar.  

    Se na sua região o inverno é frio, no entanto, a ventilação também precisa ser repensada, mas no sentido de vedá-la. Nesse caso, janelas e portas com boa vedação podem trazer mais conforto térmico. Vidro duplo é outra boa opção, já que possui colchão de ar em suas folhas, impedindo o ar de passar. 

    Mas se a sua cidade tem grande variação de temperatura, o ideal é procurar o meio termo. Você pode investir em portas e janelas amplas, que ajudariam no verão, mas com boa vedação, que podem ser fechadas no inverno. Tudo de acordo com suas necessidades. 

    3. Observe o posicionamento da casa no terreno. 

    Essa dica é mais específica para quem ainda está planejando a construção do imóvel. De acordo com a localização do seu lote, onde pode ser mais favorável construir para que se tenha mais conforto térmico.  

    Em alguns lugares pode fazer mais sol, outros sombra. Pode ser que seja mais úmido, ou mais seco. Se tem ou não vento forte também pode ser relevante. 

    Esse planejamento também deve vir acompanhado da disposição correta das portas e janelas.

    4.Invista em energia solar 

    Há determinadas situação em que não há outra solução se não a climatização. Todos sabemos, no entanto, que tanto a refrigeração quanto o aquecimento de ambientes demandam muita energia elétrica, e essa não é uma medida econômica.

    Pensando nisso, que tal investir em painéis solares? 

    O custo para a instalação do material pode ser alto no início, mas o investimento tende a ser promissor, já que a conta de luz pode sair bem mais barata. Isso possibilita que você possa ter mais conforto térmico sem necessariamente pagar muito caro por isso.  

    Voltar

Postar comentário