Blog Cipasa

Apresentação

Blog Cipasa
  • A qualidade urbanística está em cada projeto da Cipasa

    Piscina coberta do Itahyê, localizado em Santana de Parnaíba (SP).

    Piscina coberta do Itahyê, localizado em Santana de Parnaíba (SP).

    Imagine um grande terreno com mais de 300 mil m², vazio, sem nenhum tipo de construção. É assim que a Cipasa recebe suas áreas e começa a desenvolver projetos que transformam as regiões.

    Tudo começa com a prospecção da equipe de Novos Negócios que avalia grandes áreas, em todo o Brasil. Quando identificada uma área com potencial, a equipe de Urbanismo desenha o projeto mais adequado para aquele espaço. Este projeto é apresentado para o proprietário da área. Tudo dando certo, um contrato de parceria é elaborado e a área de Desenvolvimento da Cipasa inicia o desdobramento do projeto, para aperfeiçoá-lo e aprová-lo nos órgãos públicos. Somente após a aprovação do empreendimento na Prefeitura e do seu registro no Cartório de Registro Imobiliário, é iniciada a comercialização e, paralelamente, as obras. A entrega final para o cliente construir ocorre entre 24 e 36 meses depois.

    “Quando desenvolvemos um projeto, nos aprofundamos em todos os detalhes. São analisados recursos hídricos, vegetação existente, topografia e paisagem, diretrizes viárias, contextualização urbana daquela área e, claro, para qual público será destinado. Após esse estudo, entra nossa expertise em oferecer o melhor projeto para atender às necessidades da região e dos futuros moradores, sempre respeitando a cultura local”, explica Ivo Szterling, diretor de Urbanismo da Cipasa.

    Para exemplificar os diferenciais de cultura local, no Paradis Canoas, localizado em Canoas (RS), foi criado um Chimarródromo para as pessoas tomarem o chimarrão na praça, bebida que é típica na região. Outro exemplo é o Verana Residencial I, empreendimento que fica no bairro do Vívea Nova Camaçari, na Bahia, e que conta com um redário no clube, perfeito para relaxar depois de uma tarde quente na piscina.

    Há também os diferencias pensados com base no clima das regiões. No Verana Teresina, em Teresina (PI), para amenizar as altas temperaturas da cidade, as principais vias terão faixas de áreas verdes de vegetação nativa preservadas.

    Já no caso do Itahyê, localizado em Santana de Parnaíba (SP), o projeto conta com duas piscinas no clube, uma externa e outra coberta e aquecida, por conta das temperaturas mais baixas do clima serrano da região.

    Perspectiva do clube com o redário do Verana Residencial I.

    Perspectiva do clube com o redário do Verana Residencial I.

    “Faz parte de nossa missão transformar o mundo em um lugar melhor por meio de nossos empreendimentos, que levam mais qualidade de vida para os futuros clientes e desenvolvimento para o entorno de cada projeto”, completa Ivo.

    Quer saber mais? Conheça o portfólio de empreendimentos da Cipasa. São mais de 200 projetos, entre lançados e em desenvolvimento, em 21 Estados do país. A Qualidade Urbanística é mais um dos pilares que sustentam os 25 anos de história de uma das maiores desenvolvedoras de projetos imobiliários urbanos do Brasil.

    Voltar

Postar comentário