Blog Cipasa

Apresentação

Blog Cipasa
  • Condomínio horizontal ou loteamento fechado: entenda a diferença!

    Conteúdo: 

    Condomínio horizontal ou loteamento fechado entenda a diferença!

    Já sabe a diferença entre Loteamento Fechado e Condomínio Horizontal?

    Está em dúvida entre comprar um loteamento fechado ou condomínio horizontal?

    Pois é, essa é uma dúvida muito comum, visto que ambos são espécies de Conjuntos Residenciais. 

    E se nesse momento você também tem dúvidas a respeito disso, não se preocupe, para tirá-las basta acompanhar a leitura desse artigo até o final. 

    Neste artigo você vai conhecer quais são as principais diferenças entre Loteamento Fechado e Condomínio Horizontal. 

    Após a leitura você vai entender que as definições de cada um são bem diferentes o que irá facilitar muito na sua decisão de compra. 

    Vamos lá? 

    Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

    • Condomínio Horizontal: noções gerais
    • Loteamento Fechado: noções gerais
    • Condomínio Horizontal x Loteamento Fechado: principais diferenças 
    • Loteamento: ótima oportunidade de investimento 

    Inspire-se conosco, conheça algumas residências dos nossos loteamentos.

    Condomínio Horizontal: noções gerais

    O condomínio horizontal é aquele onde as construções são feitas no plano horizontal ou uma ao lado da outra, o contrário da vertical. 

    Para facilitar o seu entendimento, aqui podemos usar um termo mais popular para o condomínio horizontal que seria o condomínio de casas. 

    Esse tipo de condomínio necessita de um terreno maior para a sua construção e conta com limitações geográficas cada vez maiores, especialmente nas grandes cidades.

    Por isso, é que os condomínios horizontais terão muito menos espaço do que os verticais.

    O Condomínio Horizontal também conta com algumas características principais como:

    • Classificação e delimitação pela área, quantidade e tipo de habitações;
    • Definição do espaço de uso comum para lazer;
    • Destinação de espaço comum para guarita, portaria, zeladoria, etc;
    • Poderá haver comércio e serviços locais;
    • Estabelecimento de acessos por vias particulares internas e sua largura;
    • Especificação do mínimo de área verde;
    • Previsão do número mínimo de vagas de garagem por unidade habitacional;
    • Arborização, drenagem das águas de chuvas, distribuição de água, coletas de esgoto e lixo.

    Aqui cabe frisar que, os proprietários de lotes ou casas do Condomínio são os donos das áreas comuns, não havendo intervenção da administração do município sobre elas.

    Saiba o que você precisa para construir aqui!

    Loteamento Fechado: noções gerais

    Os Loteamentos Fechados são regidos pela Lei nº 6.766/79 e consistem na subdivisão de uma gleba (área maior) em lotes (áreas menores), com abertura de novas vias.  

    Ao final, o perímetro da gleba é cercado ou murado.

    No caso dos Loteamentos Fechados, as vias em questão são públicas, podendo haver uma Concessão Administrativa do poder público municipal para a Associação de Moradores no tocante ao fechamento, manutenção e conservação das vias de acesso e circulação.

    Assim, mesmo que haja a Concessão municipal para o fechamento, a portaria não pode impedir o acesso de outras pessoas aos empreendimentos, pois as áreas internas são públicas.

    E com relação às despesas oriundas das áreas comuns, considerando que cada morador é proprietário apenas do seu lote, não há frações ideais nem condomínio. 

    Dessa forma, o morador é responsável somente pelo pagamento do IPTU do seu imóvel. 

    Nesse caso, para cobrar dos moradores as despesas das áreas comuns é preciso haver um regulamento, registrado na matrícula e nas escrituras de compra e venda, assim o adquirente estará obrigado a contribuir com as despesas de manutenção do espaço comum (despesas propter rem).

    Conheça os loteamentos fechados da Cipasa.

    Entenda agora quais são as principais diferenças entre Condomínio Horizontal e o Loteamento Fechado:

    Condomínio Horizontal x Loteamento Fechado: principais diferenças 

    Basicamente, a principal diferença entre as duas formas de empreendimento é que no Condomínio Horizontal toda a área é privativa. 

    Nesse caso, além dos lotes, toda a área comum, como as ruas e as áreas de lazer, pertencem aos proprietários.

    Diferente do condomínio horizontal, no Loteamento Fechado, apenas a área do lote é privativa, as demais áreas comuns são públicas e estão subordinadas ao poder público municipal.

    Além disso, outro ponto polêmico é a cobrança de taxas. 

    Isso porque a cobrança nos Condomínios é obrigatória por força de Lei. 

    Já no Loteamento Fechado não funciona da mesma forma.

    Saiba o que os nossos especialistas estão falando.

    Loteamento: ótima oportunidade de investimento 

    O loteamento é considerado por muitos especialistas como uma excelente forma de investimento. 

    Em boa parte, porque você pode aprimorar o seu terreno e sua casa, o que facilita a valorização do domínio. 

    Todo o dinheiro gasto na sua propriedade, no futuro, torna-se o seu investimento de vida.

    Mesmo que você não tenha vontade de comprar um terreno para construção, a simples aquisição do mesmo pode render bons resultados financeiros. 

    Isso porque a procura por áreas de habitação sempre existirá e dependendo da região, a tendência é valorizar, o que faz com que a demanda por lotes para construção aumente.

    Porém, é claro, inicialmente precisamos levar em consideração o bairro que foi escolhido. 

    O recomendado é que você analise a infraestrutura do local, se possui rede elétrica, rede de abastecimento de água, coleta de esgoto, coleta de lixo, cabos para telefonia e internet, asfalto, todos esses serviços são essenciais.

    E se precisar de ajuda na escolha e compra do seu lote, pode contar conosco. 

    Ter um apoio para desenvolver os seus projetos é algo essencial. 

    A Cipasa é hoje uma das maiores desenvolvedoras de projetos urbanos no Brasil e tem como missão aliar a alta qualidade urbanística ao respeito às características locais e à natureza, por meio de seus empreendimentos Alvorá, Altavis, Verana e Vívea.

    Você pode entrar em contato com a nossa equipe por telefone ou por e-mail, para isso, basta preencher o formulário de contato: 

    Dúvidas, críticas ou elogios deixem nos comentários. 

    Até a próxima!

    Fale conosco.

    Voltar

Postar comentário