Blog Cipasa

Apresentação

Blog Cipasa
  • Decoração high-tech? Descubra como a tecnologia pode transformar a experiência em sua futura casa

    A tecnologia vem ganhando espaço em diferentes áreas, mas você sabia que ela está presente também em soluções para a decoração de sua casa? “Nossa, mas isso é tão Black Mirror! Será que a tecnologia realmente pode ser algo útil e possível para usar em casa ou é só mais uma forma de encarecer os custos de decoração?” Se você também tem essa interrogação em mente, dê só uma olhada nas tendências e possibilidades que separamos.

     

    Novas formas de se sentir conectado com sua casa

    Imagine só todos os seus convidados chegando em casa, e aí, quando vocês entram na sala de estar, automaticamente as cortinas se abrem, uma iluminação intimista é iniciada e uma música suave começa a tocar. Essa é a ideia de novos sistemas de automação, que vão muito além das propostas de controlar esses recursos por meio do celular. O mercado já oferece propostas de autogerenciamento, ou seja, sua casa “ganha” inteligência e é programada para realizar esses e muitos outros processos sem a necessidade de interação do morador a todo momento. Se você curtiu essa ideia, basta procurar uma das novas empresas de automação residencial espalhadas pelo Brasil e escolher entre soluções como automação para aquecer a água da banheira, irrigar o jardim, controlar a iluminação, aquecer o piso, regular a temperatura do ar-condicionado, acionar o sistema de sonorização da varanda, abrir ou fechar as persianas e cortinas e muito mais, tudo via smartphone.

     

    Sua cozinha também pode ser high-tech

    Seguindo o papo sobre automação de ambientes residenciais, a cozinha é um espaço em que você também tem a oportunidade de acionar sistemas high-tech para detectar possíveis vazamentos de gás, que avisam você diretamente pelo celular caso algum acidente aconteça. E não para por aí. Esses sistemas permitem até mesmo que as janelas se abram para que os danos não sejam irreparáveis.

    Agora, falando em eletrodomésticos, grandes marcas estão de olho na integração da assistente pessoal Alexa, da Amazon, e é por isso que você poderá encontrar por aí refrigeradores com telas inteligentes, sensíveis ao toque e com grande possibilidade de utilização, como criar listas de compras, avisar sobre a validade dos alimentos, deixar alguns recados, além de interagir, por exemplo, com a geladeira para saber o que tem dentro, sem a necessidade de abrir a porta, por meio de câmeras panorâmicas. Incrível, não é mesmo?

    Espaços internos ou áreas externas sofisticadas e modernas

    A iluminação é a “menina dos olhos” de inovações tecnológicas domésticas. Entre algumas possibilidades está a de trabalhar com painéis no quarto, no escritório ou na sala de estar com iluminação feita em fitas de LED, que, por meio novamente de recursos de automação, podem simular um movimento. Há também opções de fibra óptica inteligente e sem fios, capazes de transformar a iluminação de áreas externas e serem modificadas via controle remoto. Tudo para uma decoração ainda mais viva e personalizada.

     

    Limpeza inteligente que melhora a qualidade do ar

    O mercado também já liberou alguns recursos inteligentes para a limpeza dos ambientes. Um que é bastante comentado entre os arquitetos é a central de aspiração, sistema inteligente que substitui o aspirador de pó e, por meio de tomadas e mangueiras instaladas na parede, envia o pó coletado para a central, que fica fora do ambiente via tubulação específica. Essa é uma ótima opção para ter um ar mais limpo dentro de casa.

     

    Seu banheiro não pode ficar de fora

    As descargas com sensores de presença são uma opção excelente para levar até seu banheiro uma proposta de tecnologia e economia ao mesmo tempo. Segundo os desenvolvedores das peças, a economia de água pode chegar a 60%, já que as descargas, quando acionadas, liberam 3 ou 6 litros, dependendo do tempo que o usuário permanece próximo do sensor central.

     

    Tudo moderno, prático e lindo… Mas não custa caro?

    Com o crescimento da demanda, soluções de automação e de decoração tecnológica são cada vez mais acessíveis, e em alguns casos o custo inicial pode ser abatido mediante a redução do consumo de energia elétrica e água, por exemplo. A dica para não tomar nenhum susto na hora de aplicar recursos tecnológicos em sua casa é pensar na instalação deles desde o projeto elétrico da residência, pois, quando bem elaborado, faz com que os próximos passos sejam seguros e sem custos além do planejado. Considere sempre a ajuda de profissionais especializados e com experiência garantida. Um bom papo com seu arquiteto na fase inicial do projeto ajudará a identificar as necessidades e alinhar com ele o que é viável. Além disso, pesquise sempre por empresas com bons cases de mercado, boa reputação e avaliação e com experiência em soluções tecnológicas para projetos residenciais.

    Gostou do conteúdo de hoje? Então deixe seus comentários abaixo. Vamos adorar conversar com você. 😉

    Voltar

Postar comentário